sexta-feira, 6 de abril de 2012

Coco Chanel


Já fiz um post sobre Coco Chanel, em novembro 2009, mas acho ela maravilhosa, neste post aqui, falei mais sobre ela sua vida, mas hoje venho falar de seu livro, escrito por Hal Vaughan, onde levanta a polêmica sobre o nazismo e seu envolvimento.


Gabriela Loureiro

Para o mundo, Gabrielle Chanel (1883-1971) era Coco, a estilista que revolucionou o universo da moda no começo do século XX. Para o serviço de inteligência alemão (Abwehr), porém, ela era a agente nazista identificada pelo número F-7124. A mademoiselle chegou a financiar uma revista fascista editada por um dos amores de sua vida, o ilustrador Paul Iribe. De língua afiada, nunca teve pudores nas conversas entre amigos. O livro sobre Coco, revela detalhes desse lado mais obscuro de sua vida.

O dinheiro nunca significou muito para mim, mas a independência (conseguida com ele), muito.
Vista-se mal e notarão o vestido. Vista-se bem e notarão a mulher.
A natureza lhe dá o rosto que você tem aos 20. A vida talha o rosto que você tem aos 30. Mas depende de você merecer o rosto dos 50.

Uma mulher precisa de apenas duas coisas na vida: um vestido preto e um homem que a ame.

Eu não entendo como uma mulher pode sair de casa sem se arrumar um pouco - mesmo que por delicadeza. Depois, nunca se sabe, talvez seja o dia em que ela tem um encontro com o destino. E é melhor estar tão bonita quanto for possível para o destino.


Livro - Em Dormindo com o Inimigo, o jornalista Hal Vaughan mostra a dupla identidade de Coco. Não li ainda o livro, mas  vou procurar pois acho ela uma mulher além do seu tempo. Inovou a moda, gerou polêmicas, fez história no munda da moda.
Por estes pormenores, já a considero uma grande mulher!! se foi ou não uma agente nazista vou tirar minhas conclusões após ler o livro, mas isso não tira seus méritos como uma boa estilista e criadora de moda.
Dormindo com o inimigo – a guerra secreta de Coco Chanel
mostra a postura da estilista durante a II Guerra Mundial.
Autor: VAUGHAN, HAL, Editora: CIA DAS LETRAS


2 comentários:

  1. Sabe que esse livro está na minha listinha de próximas aquisições. Gosto muito da garra de Chanel, mesmo ela não tendo se comportado durante a segunda guerra.

    ResponderExcluir
  2. Verdade Rafa!! eu tb sou sua fã ela é otima, independente do que fez errado, mas quem nunca errou né?? bj

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante e se quiser esclarecer alguma dúvida sobre tratamentos, fica vontade, estarei respondendo!